Alunos da Escola Ivete começam a produção de adubo por meio da compostagem

Os alunos da Escola Municipal Ivete Lourdes Arenhardt estão aprendendo na prática como funciona o processo de compostagem, com a ajuda do engenheiro agrônomo Glaucinei Brissow Realto os trabalhos começaram com a demonstração de como funciona a composteira para a produção de adubo, utilizando cascas de frutas, de legumes e folhas que caem das árvores ao redor da escola.

O resíduo orgânico que antes iria parar no lixo, agora é reaproveitado e vai para a composteira. O adubo que será produzido será utilizado na adubação das plantas e da horta da escola. Com o projeto de Agroecologia, os alunos aprendem a destinar de forma ecologicamente correta esses materiais que antes enchiam as lixeiras.

Os estudantes passaram por palestras sobre agroecologia, sobre a importância da agricultura na produção de alimentos, com enfoque para a agricultura orgânica.

A ideia é promover a multiplicação desses conhecimentos por meio dos alunos que levarão essas informações para suas casas para que isso também seja aplicado nas residências, para utilização do adubo nas flores e hortas das famílias.

O projeto “Agroecologia” é desenvolvido pelo Clube Amigos da Terra, o CAT, em parceria com a Prefeitura Municipal, com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-MT) e com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais. E conta com o apoio da WWF Brasil.

Quer saber mais sobre o projeto Agroecologia? Então procure o Clube Amigos da Terra, que funciona em sala anexa ao Sindicato Rural de Sorriso. Informações:(66) 3544-3379. Visite também o nosso site www.catsorriso.com.br

Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: