RTRS No Brasil: Fortalecendo os laços com os produtores e organizações da cadeia de valor

A RTRS vem reforçando sua presença no Brasil nos últimos meses. Além de organizar um evento de sucesso em São Paulo, a RTRS foi a campo para se encontrar com produtores envolvidos nos processos de Certificação RTRS em Rio Verde, Goiás, liderados pela Aprosoja-GO e pela Associação de Plantio Direto no Cerrado (APDC). Daniel Meyer – o nosso Gestor de Desenvolvimento de Mercado local – esteve à frente da visita e participou de um dos eventos mais importantes do mês, o Congresso Internacional Sustentável 2015.

Projeto Soja Responsável: uma viagem a Rio Verde

O projeto Soja Responsável – parceria entre a Aprosoja-GO e a Associação de Plantio Direto no Cerrado (APDC) – começa a colher os resultados da assessoria oferecida aos produtores do Sudoeste. Nos últimos dias de setembro, Daniel Meyer foi a Rio Verde, um município no estado de Goiás (no Centro-Oeste brasileiro) para visitar uma das fazendas. O objetivo era trocar informações com o proprietário da Fazenda Tropical, Mario Maria Van den Broek, sobre os processos e experiências com o projeto.

A fazenda está se inserindo em um grupo seleto de propriedades que buscam a Certificação RTRS. Durante a visita, Daniel Meyer e Jessica Leite, a Gestora do projeto, repassaram os desafios e benefícios da Certificação RTRS, como a melhoria da gestão da propriedade, condições de trabalho bem definidas para os funcionários e preservação de áreas florestais.

O objetivo do Projeto Soja Responsável é promover assessoria aos produtores de soja de Goiás que buscam a Certificação RTRS, por meio de ações de gerenciamento técnico e acordos de critérios sociais e ambientais. Os benefícios para o produtor rural resumem-se na redução de custos pela maior eficiência e incremento na produtividade, com a adoção de práticas de Plantio Direto e menor vulnerabilidade a multas pelo não-cumprimento de leis trabalhistas e ambientais.

A RTRS no Congresso Internacional Sustentável 2015

O Congresso Internacional Sustentável 2015, com o tema “O Futuro é Agora”, ocorreu no dia 8 de outubro em São Paulo. Organizado pelo CEBDS – o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável -, o congresso tratou de duas grandes questões da agenda global: o anúncio dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas e os resultados da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, COP21 – a ser realizada em Paris, em dezembro.

Daniel Meyer esteve lá, assim como Gisela Introvini, Superintendente da FAPCEN e Presidente da Força-Tarefa Brasil da RTRS, e Cynthia Cominesi e Lenira Arsego, representantes do CAT, uma organização que, recentemente, certificou nove fazendas sob o Padrão RTRS em Sorriso, Mato Grosso. O Congresso evidenciou o compromisso do setor privado e da sociedade civil com os objetivos diretamente relacionados aos ODS e antecipou a discussão da CO21 para ajudar a identificar os desafios e oportunidades.

Rolar para cima
×
%d blogueiros gostam disto: