Soja sustentável pela conservação da biodiversidade

A Associação amigos da Terra de Sorriso desenvolve o projeto Gente que Produz e Preserva – Soja sustentável pela conservação da biodiversidade.  Esse é o mais novo projeto do CAT Sorriso, e conta com a parceria da WWF Brasil, Bel, Solidariedad,  IDH e Instituto Centro de Vida, e visa promover até 2016 um sistema de produção de soja mais sustentável em prol da proteção da biodiversidade no estado do Mato Grosso. E conta também com apoio do Sindicato Rural Rural de Sorriso, SENAR-MT e Sebrae.

O intuito deste projeto é de fazer com que Sorriso e outros municípios da região passem a produzir soja, respeitando princípios e critérios, que se dividem em 5:  Critério 1 – Conformidade Legal e Boas Praticas de Negocio Critério 2 –  Condições de trabalhos Responsáveis Critério 3 –Relação Responsável com a comunidade  Critério 4- Responsabilidade Ambiental  Critério 5 – Boas Praticas Agrícolas,  o cumprimento deste critérios  vão resultar na certificação da produção, e assim aumentar a eficiência na gestão da propriedade, abrindo portas para novos mercados e aumentando  a competitividade além de promover a melhora da Imagem do Produtor Rural e de sua Fazenda .

Até o momento contamos com 09 fazendas cadastradas no Projeto, sendo eles:

Moises Antônio Bocchi; Luis Carlos Scapucin, Ledair Cella,  Joacir Missio, Linda Bertuol, Pedro Vigolo, Luiz Fernando Paiva, Janete Missio e  Darcy Getulio Ferrarin.

Os mesmos já passaram pela pré-auditoria e estão trabalhando na implementação e adequação de suas Propriedades através de Cuidados e gestão do lixo Rural, armazenagem e descarte correto como óleos pneus, 

e as embalagens vazias de defensivos junto as centrais de recebimento, evitando a contaminação do solo e a água, ex: Rampa de lavagem, tanque de combustível , colocação de placas instrutivas de acordo NR31. O próximo passo agora e colocar uma placa identificando nas fazendas pilotos deste projeto.

 Durante este ano também será promovido dia de campo nas referidas propriedades para demostrar o avanço das melhorias obtidos através destes princípios e critérios que estão sendo seguidos.

O CAT disponibiliza o apoio técnico junto às propriedades que fazem parte do projeto, fornecendo a eles Planilhas e manuais necessários para que obtenham o sucesso,  pois neste Projeto é fundamental que tudo que se faça dentro da propriedade seja anotado para ter uma constante melhoria nas praticas adotadas e também para que se comprovem que esta sendo feita de maneira responsável e eficaz  isso o levara a certificação e principalmente que está trabalhando de maneira consciente, respeitando o meio ambiente e o ser humano, peças fundamentais para seu sucesso.

Fica o convite aos que tiverem interesse em conhecer o Projeto Gente que Produz e Preserva, só fazer uma visita ao CAT,  ou ligar no (66) 3544-3379 , falar com responsável técnico.

O intuito deste projeto é de fazer com que Sorriso e outros municípios da região passem a produzir soja, respeitando princípios e critérios, que se dividem em 5:  Critério 1 – Conformidade Legal e Boas Praticas de Negocio Critério 2 –  Condições de trabalhos Responsáveis Critério 3 –Relação Responsável com a comunidade  Critério 4- Responsabilidade Ambiental  Critério 5 – Boas Praticas Agrícolas,  o cumprimento deste critérios  vão resultar na certificação da produção, e assim aumentar a eficiência na gestão da propriedade, abrindo portas para novos mercados e aumentando  a competitividade além de promover a melhora da Imagem do Produtor Rural e de sua Fazenda .

Até o momento contamos com 09 fazendas cadastradas no Projeto, sendo eles:

Moises Antônio Bocchi; Luis Carlos Scapucin, Ledair Cella,  Joacir Missio, Linda Bertuol, Pedro Vigolo, Luiz Fernando Paiva, Janete Missio e  Darcy Getulio Ferrarin.

Os mesmos já passaram pela pré-auditoria e estão trabalhando na implementação e adequação de suas Propriedades através de Cuidados e gestão do lixo Rural, armazenagem e descarte correto como óleos pneus, 

e as embalagens vazias de defensivos junto as centrais de recebimento, evitando a contaminação do solo e a água, ex: Rampa de lavagem, tanque de combustível , colocação de placas instrutivas de acordo NR31. O próximo passo agora e colocar uma placa identificando nas fazendas pilotos deste projeto.

 Durante este ano também será promovido dia de campo nas referidas propriedades para demostrar o avanço das melhorias obtidos através destes princípios e critérios que estão sendo seguidos.

O CAT disponibiliza o apoio técnico junto às propriedades que fazem parte do projeto, fornecendo a eles Planilhas e manuais necessários para que obtenham o sucesso,  pois neste Projeto é fundamental que tudo que se faça dentro da propriedade seja anotado para ter uma constante melhoria nas praticas adotadas e também para que se comprovem que esta sendo feita de maneira responsável e eficaz  isso o levara a certificação e principalmente que está trabalhando de maneira consciente, respeitando o meio ambiente e o ser humano, peças fundamentais para seu sucesso.

Fica o convite aos que tiverem interesse em conhecer o Projeto Gente que Produz e Preserva, só fazer uma visita ao CAT,  ou ligar no (66) 3544-3379 , falar com responsável técnico.

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: